Procurar

A semear Cursos há 39 Anos

ARTIGOS

Fígado

O fígado é, segundo a Medicina Oriental, o órgão mais activo na Primavera, e o principal órgão responsável pela nossa adaptação ao desabrochar geral que se dá nesta estação.
Depressões primaveris, rigidez de articulações, mau humor e mal-estar geral são, em geral, resultado de um fígado demasiado tenso que não permite um alinhamento total com a força criativa da Primavera.

Para os Chineses, o fígado é considerado o General do corpo, o órgão que está constantemente ao comando a supervisionar o bom funcionamento do resto do organismo. Para além das muitas e complexas funções que a medicina ocidental confere ao fígado, os orientais consideram que este órgão é também aquele que controla a nossa estabilidade emocional e paciência e a capacidade de ter movimentos elegantes e harmoniosos; está também ligado ao sentido da visão não só no sentido real como no sentido figurado; um bom fígado dá-nos a capacidade de ver a vida com vistas largas e de projectar no futuro os nossos sonhos e ideais.


Este órgão é particularmente afectado por excesso de produtos animais, álcool, açúcar, falta de frescura, excesso de stress e de ambientes poluídos, entre outros.
Se deseja melhorar as suas funções, coma muitos vegetais verdes de rama, rebentos e, duma forma geral, alimentos frescos e levemente cozinhados; o sabor ácido de boa qualidade como vinagre de arroz, sumo de limão ou boa qualidade de vinagre balsâmico ajudam também a estimular este órgão.
Por último, evite actividades muito competitivas e demasiado “stressantes” e tente, tanto quanto possível, ter contacto com a Natureza, particularmente onde haja árvores.

Partilhar:

Receba estes Artigos
no seu email

Email Marketing by E-goi

Outros Artigos

Sono

Um sono profundo e reparador é um dos melhores sintomas de saúde e uma verdadeira benção para aqueles que o…

[ LER MAIS ]
Os Olhos

No meu ultimo artigo sobre diagnóstico visual escrevi sobre a boca. Esta semana escrevo sobre os olhos, “o espelho da…

[ LER MAIS ]

Deixe o seu Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Leave the field below empty!